Arquivos

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 Sete Doses
 UOL - O melhor conteúdo
 Juvenal Pereira - Caxiúna
 Paulo Schmidt
 F. Vives
 Rodrigo Miotto
 Cris Casagrande
 Domingos Oliveira
 Eugênia Zerbini
 Marcelo Katsuki
 Prof. Fernando Jorge
 JOTABÊ MEDEIROS (ESTADÃO)
 Editora Topbooks
 Augusto Nunes
 Chico Anysio
 Caio Liudvik
 Bernardo Schmidt
 Alex Solnik
 Eu tenho uma amiga
 Luiz Schwarcz
 Mixirica
 Geneton de Moraes Neto
 Luis Avelima
 Aníbal Bragança (bibliófilo)
 UBE
 Luiz Antonio Giron
 Luiz Maklouf de Carvalho
 Casa de Rui Barbosa
 Dagomir Marquezi
 Acad. de Letras de Campos do Jordão
 Pedro Paulo Filho
 José Santilli Sobrinho
 Nina Horta
 Marcelo Coelho
 Cecília Prada
 Florivaldo Menezes
 Ivo Barroso
 Ésio Macedo Ribeiro
 Maestro Georges Henry
 Renata Pallottini
 Tiro de Letra (José Domingos Brito)
 Felisbelo da Silva




Senador manda brasa
 


A AMEAÇA A MIM E AO RESTO

Podem acreditar: o glutamato monossódico ainda vai acabar com a humanidade.



Escrito por gabriel às 16h01
[] [envie esta mensagem
] []





FAZEM RIR E CHORAR; "ATRIZES QUE CHUTAM COM AS DUAS PERNAS"

Bom, sacudo a poeira por aqui, porque duas coisas me ocorreram.

Admiro fervorosamente artistas que envelhecem com dignidade, sabem envelhecer. Uma das atrizes que tem pontificado na televisão e que é  prova disso é IRENE RAVACHE (foto acima), que vive um dos protagonistas da telenovela das sete "Guerra dos Sexos". Não se nota rastro de intervenção cirúrgica tampouco aplicação de toxina botulínica em Irene. E mais: levando em consideração papéis anteriores, vê-se que Irene funciona no humor. Também me ocorreu que nossas atrizes com mais recursos, mais talentosas sabem fazer sorrir como poucos. Basta ter assistido Fernanda Montenegro no especial de final de ano "Doce de Mãe", exibido semana passada na Globo. Outra atriz que  manda bem no humor é ninguém menos que Adriana Esteves, destaque no ano que passou e de uma geração diferente das duas acima referidas. Basta lembrar suas atuação vivendo, por exemplo, Catarina em "O Cravo e a Rosa", Amelinha Mourão em "Coração de Estudante" e no seriado "Toma Lá, Dá Cá". Fazer humor em teledramaturgia não é pra qualquer um, não. Quem sabe, sabe.

 

 



Escrito por gabriel às 10h41
[] [envie esta mensagem
] []



 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]